26 de Junho de 2017

Em julho continuamos a Sonhar o Futuro, com novos episódios!

Em julho continuamos a Sonhar o Futuro com os novos episódios das série, todas as quintas às 22:00, no canal Odisseia.

Já pensou como será o mundo em 2050? Como é que as descobertas de hoje vão afetar a vida no futuro? Quais são os projetos e tendências que vão dar forma ao futuro? Nesta segunda temporada, cientistas e pensadores de todo o mundo reúnem-se para nos mostrarem os seus sonhos do futuro, graças aos efeitos especiais da última geração. Em cada episódio, eles vão abordar aspetos da vida diferentes, desde a agricultura e a arte, até aos oceanos, a diversão e o trabalho. O futuro já não é ficção científica. Descubra o mundo da próxima geração.

Na quinta 6 chega o episódio Comunicação.  Até 2050, a Internet estará em todo o lado. Investigadores e cientistas de todo o mundo estão a trabalhar para fazer com que isto seja uma realidade. Os sistemas de inteligência artificial serão tão poderosos que os nossos computadores e telefones poderão executar tarefas sozinhos, como enviar correios eletrónicos ou traduzir uma conversação de forma instantânea.

Seguimos na quinta 13 com Trabalho. Independentemente da natureza própria das profissões futuras, as novas tecnologias irão mudar a nossa relação com o trabalho. As transformações digitais, a generalização da robótica, o tratamento de enormes quantidades de dados e os serviços na cloud irão abrir imensas possibilidades e mudar os nossos espaços de trabalho e as nossas ferramentas.

Na quinta-feira dia 20 chega Cidades. Como serão as nossas cidades em 2050? Como é que poderão acomodar milhões de pessoas adicionais que chegam todas as semanas? O desafio é enorme. Para reduzir o impacto no planeta e a fatura energética, as tecnologias digitais serão cruciais e mudarão a forma como se organizam e projetam as cidades do futuro. 

Arte é o episódio que chega na quinta-feira 27. Em 2050, as obras não se parecerão com aquilo que vemos hoje, serão sim de submersão, partilhadas, híbridas, robóticas, interligadas, de código aberto e mesmo interativas. A realidade virtual irá situar-nos diretamente no coração das obras para viver experiências singulares e sem precedentes.

Tags: , , ,