Rocket Fuel

Guerra por Controlo Remoto

Indian Springs, Nevada. A cada tarde um grupo de homens e mulheres despedem-se das suas famílias para lutar contra os insurgentes no Afeganistão. Observam, bombardeiam e matam. Por vezes os veículos que pilotam são destruídos mas regressam sempre sãos e salvos a casa de manhã. Entrámos na era das guerras por controlo remoto. Desde o início da guerra do Iraque, onde mal havia veículos não tripulados, o número passou para sete mil aviões e doze mil tanques. A seguinte geração será a dos soldados robots, com liberdade de movimentos e independentes na tomada de decisões. Perante este panorama as questões éticas disparam. Ter a capacidade de matar qualquer pessoa e em qualquer lugar com um robot está dentro da legalidade? O que aconteceria quando os robots decidissem quem matar?

Partilhar no: