Himbas, Perdidos no Tempo

08:46h

Sexta, 28/04/2017

Sexta, 28/04/2017 14:56h

Numa das terras mais hostis do planeta, os Himba desdobram-se em povoados seminómadas à volta do rio Kunene, a fronteira natural entre Angola e Namíbia. Quase estagnados no neolítico, a sua orgulhosa austeridade e as raízes bem fortes nas suas crenças e tradições, permitiu-lhes sobreviver a fomes e a guerras genocidas criadas pelo controlo de umas fronteiras que eles não distinguem. Perdidos no tempo e rodeados pela mais exuberante natureza selvagem, estas pessoas de barro deambulam como exemplares arqueológicos vivos de outra época.

Partilhar no: