Rocket Fuel

Os Papéis do Panamá: O Golpe do Século

Foi a maior fuga de informação da história: 11,5 milhões de arquivos que revelam o mundo secreto das finanças extraterritoriais. Sob a proteção do ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação), 378 periodistas de investigação de todo o planeta trabalharam à porta fechada nos papéis filtrados. No dia 3 de abril de 2016, em representação de 109 organizações mediáticas, foram publicados os Papéis do Panamá, desmascarando líderes políticos, empresários, celebridades, estrelas desportivas e inclusive alguns criminosos que usavam empresas fantasmas para esconder os próprios bens, evitando assim o pagamento importante de impostos. Ao longo de vários anos, esconderam milhares de milhões de euros através de sofisticados sistemas de evasão de impostos e lavagem de dinheiro. Desde o Panamá à Suíça, desde os Estados Unidos ao Luxemburgo, seguimos os passos desta gigantesca rede de ocultação financeira. Benoît Bringer e Edouard Perrin de Premiéres Lignes lideram esta investigação, em colaboração com o ICIJ e com alguma da imprensa mediática mais importantes, nomeadamente Süddeutsche Zeitung, Le Monde, BBC e The Guardian.

Partilhar no: