21 de Outubro de 2019

ODISSEIA DEDICA PROGRAMAÇÃO AOS “GIGANTES DA NATUREZA”

Em terra ou no mar, o Odisseia deixa-se dominar pelos “Gigantes da Natureza” num especial de programação empolgante, composto por duas séries documentais totalmente dedicadas aos animais mais poderosos do planeta, desde o megalodon, um tubarão de 60 toneladas até ao elefante africano – a maior criatura viva, todos os domingos, de 3 de novembro a 1 de dezembro, a partir das 16h00.

“Os Últimos Gigantes: As Grandes Bestas” assinala o arranque deste especial, com três documentários para ver nos dias 3, 10 e 17 de novembro, sempre a partir das 16h00, partindo pelo mundo em busca dos verdadeiros titãs da natureza, os mais sensíveis à praga de plásticos nos oceanos e às alterações climáticas.

“América”, “Austrália e Ásia” e “África” dão nome aos três documentários de 60 minutos que revelam os gigantes que habitam nestes continentes, dando ainda a conhecer os monstros pré-históricos que alguma vez por aqui vaguearam.

A programação é ainda composta pela série documental de seis episódios “Mistérios dos Gigantes Extintos”, que mostra, com a ajuda de biólogos e palentólogos, a história evolutiva de alguns dos mais fascinantes animais pré-históricos gigantes e os seus descendentes modernos, alguns dos quais ameaçados de extinção.

“Titanoboa e Paraceratherium” (16h50), “Megalodons e Preguiças Gigantes” (16h50), “Cachalotes e Tubarões” (16h50), “Elefantes e Rinocerontes” (16h00), “Gorilas e Preguiças” (16h50) e “Répteis” (16h00), são os seis documentários desta extraordinária série documental, exibida aos domingos, de 3 de novembro a 1 de dezembro.

O misterioso desaparecimento da Titanoboa, uma serpente gigante de treze metros de comprimento e uma tonelada de peso, os cachalotes e tubarões brancos, ancestrais reis dos mares e o elefante, o maior animal terrestre do planeta, são algumas das espécies reveladas nesta fascinante série documental.

“Gigantes da Natureza” todos os domingos, de 3 de novembro a 1 de dezembro, a partir das 16h00 no Odisseia.