26 de Março de 2019

ODISSEIA ESTREIA EM EXCLUSIVO “THE EXPLORERS: INVENTÁRIO DO PLANETA”

Por ocasião do Dia Internacional da Terra, o Odisseia apresenta em exclusivo e a partir de 7 de abril, às 16h45, a série documental “The Explorers: Inventário do Planeta”, um ambicioso projeto de catalogação, pela primeira vez na história e em 4K UHD HDR, dos tesouros naturais, segredos intangíveis e curiosidades científicas disponiveis na superficie da Terra.

Ao longo de dez episódios de sessenta minutos, o Odisseia exibe aos domingos, sempre pelas 16h45, uma incrível compilação de histórias de humanos, animais e plantas, em maravilhosas imagens de qualidade irrepreensível, recolhidas por um grupo de exploradores munidos de recursos logísticos e tecnológicos nunca antes vistos.

Polinésia, Honduras, Indonésia, Tuamotu, Córsega, Ilhas Marquesas… são apenas nomes de lugares capazes de dar largas à imaginação. Região após região, país após país, esta “coleção” de documentários oferece um registo completo da diversidade natural e cultural do planeta seguindo a tradição das grandes expedições científicas do século XVIII, para melhor entender o mundo, mostrá-lo e partilhá-lo.

“The Explorers: Inventário do Planeta”

1. As Ilhas Austrais: Um Mundo à Parte – Domingo 7 de abril, 16h45
As Ilhas Austrais são o arquipélago mais meridional da Polinésia francesa e só cinco das suas sete ilhas estão habitadas: Rurutu, Tubuai, Raivavae, Rimatara e Rapa. Apesar de serem de origem vulcânica, estão tão afastadas umas das outras que pouco têm em comum. Umas parecem paraísos acolhedores com as suas lagoas cristalinas e recifes de coral de sonho, outras parecem hostis com o seu mar embravecido e as suas escarpas íngremes. Os exploradores estão perante uma oportunidade única de chegar a lugares que os turistas raramente visitam, um refúgio de paz também para as baleias-de-bossa que chegam da Antártida todos os anos para se reproduzirem.

2. Honduras: Atrás das Marcas dos Maias – Domingo 7 de abril, 17h40
A selva tropical que chega até à costa ocidental das Honduras foi considerada durante muito tempo como uma terra obscura e hostil. Mas para a nossa equipa de exploradores liderada por Olivier Chiabodo, esta é uma oportunidade única para mostrar os segredos ocultos. Escondida debaixo do frondoso manto da selva, encontra-se uma das grandes jóias do continente americano: a antiga cidade maia de Copán, que viveu a sua época de maior esplendor entre os séculos V e IX da nossa era.

3. Indonésia: À Procura dos Papuas – Domingo 14 de abril, 16h45
A Papua Ocidental possui a segunda maior selva do mundo, extensos pântanos, mangais, vales profundos e uma cadeia montanhosa impressionante que se eleva mais de quatro mil metros sobre o nível do mar. Os exploradores enfrentam uma viagem extraordinária a uma das últimas áreas inexploradas do nosso planeta. Habitada pelas lendárias tribos papuas que viveram isoladas do mundo exterior desde o Neolítico, cada uma delas adaptou-se ao seu ecossistema particular, o que deu lugar a uma assombrosa diversidade de idiomas, estruturas sociais e criatividade, tudo em harmonia com o meio envolvente.

4. Tuamotu: Arquipélago Absoluto – Domingo 14 de abril, 17h40
Com 76 ilhas e atóis, Tuamotu é o maior arquipélago da Polinésia. A sua criação é fascinante e começou há 20 milhões de anos, quando os vulcões que entraram em erupção no fundo do oceano apareceram à superfície. Os corais aproveitaram-se, colonizando as encostas submersas do vulcão e colocando os alicerces dos recifes. Com o tempo, os vulcões foram-se desmoronando gradualmente e ficou uma lagoa rodeada de coral. Formou-se um novo tipo de ilha: o atol. Protegidos do oceano, muitos animais marinhos, como tartarugas, tubarões ou raias encontraram refúgio neste local.

5. Ártico Canadiano: Terra de Vidas – Domingo 21 de abril, 16h45
Na sua tentativa de catalogar as maravilhas do planeta, os exploradores foram para o Ártico canadiano, uma terra de gelo majestosa que se encontra no vórtice da alteração climática. Só nos últimos cinquenta anos, a camada de gelo diminuiu 60% e as temperaturas aumentaram cinco graus. Uma expedição de exploradores, dirigida por Olivier Chiabodo, passou vários meses no longínquo norte do Canadá, desde a primavera até ao começo do inverno, para compreender melhor as consequências do aquecimento global na paisagem, na fauna e nas pessoas que lá vivem.

6. África do Sul: Savanas Selvagens – Domingo 21 de abril, 17h40
O Sul da África é o berço da humanidade e na atualidade alberga 5 % da biodiversidade do planeta. Não há nenhum outro lugar com tanta abundância natural e tanta variedade. Desde as montanhas de Drakensberg até ao Oceano Índico, os exploradores vão tentar localizar os Cinco Grandes na sua luta diária pela sobrevivência. Mas para além das grandes feras, é o próprio espírito da savana que lhes fala, através do canto dos zulus, ou da arte das mulheres N’dbele. Culturas primitivas e mundos selvagens conjugam-se para dar significado à exploração do Sul da África.

7. Ilhas Marquesas: Terra de Homens e Tradições – Domingo 28 de abril, 16h45
Os exploradores dirigem-se ao arquipélago das Marquesas, conhecido pelo sobrenome ‘terra dos homens’. Conta a lenda que os quinze ilhéus atuais foram o resultado de um ataque de ira de Atea, o deus polinésio da imensidade celestial, que destruiu a única ilha que lhe servia de casa. Devido ao seu isolamento e às suas características geológicas únicas, as Ilhas Marquesas assemelham-se a uma fortaleza inacessível sempre perseguida pelo embate perpétuo das ondas. Graças a isto, foi possível desenvolver e manter uma cultura única no mundo.

8. Córsega: Os Tesouros de uma Ilha – Domingo 28 de abril, 17h40
Apesar de se encontrar na convergência das principais rotas marítimas e das grandes civilizações, a Córsega continua a ser uma ilha inexplorada e virgem. Conhecida como a ilha da beleza, este território francês conta com mil quilómetros de costa e mais de uma centena de cumes que se estendem ao longo dos seus 140 quilómetros. Os exploradores, dirigidos por Olivier Chiabodo, vão tentar revelar os segredos de uma terra onde antigos vulcões caem ao mar e vales escondidos atravessam as montanhas e onde as pessoas vivem em harmonia com a natureza.

9. Honduras: Dos Jardins de Coral à Cidade Branca Perdida – Domingo 5 de maio, 16h45
Honduras, um pequeno país entre dois oceanos que, apesar de estar aberto ao mundo, mantém-se imerso em névoa e mistérios. A equipa de exploradores, com Olivier Chiabodo à frente, vai tentar chegar às zonas mais recônditas do país para elaborar o seu inventário natural e cultural. Sobrevoaremos a sua imensa selva, berço de grandes civilizações do passado, e os seus mangais, que albergam espécies ainda desconhecidas. Para lá da selva, Honduras ainda aguarda um tesouro por explorar, a Grande Barreira de Coral da América Central, a segunda maior do mundo.

10. Polinésia: Ilhas Gambier e da Sociedade – Domingo 5 de maio, 17h40
A equipa de exploradores, dirigida por Olivier Chiabodo, continua o seu inventário do planeta na Polinésia francesa. Desta vez, visitam dois dos arquipélagos menos conhecidos, o das Ilhas Gambier e o das Ilhas da Sociedade. Entre antigos vulcões, lagoas de água cristalina e espetaculares recifes de coral, as pessoas avançaram desenvolvendo um novo idioma e uma nova cultura que se baseia na seguinte ideia: cada planta, coisa e ser está ativo graças a uma força vital.

Se é amante da natureza venha com o Odisseia quando lhe mostramos alguns dos sítios mais bonitos do nosso planeta, todos os domingos a partir das 16h45 não pode perder os dois novos episódios de “The Explorers: Inventário do Planeta” no Odisseia.