30 de Outubro de 2019

ODISSEIA ESTREIA “THE WEEKLY”

A 12 de novembro, pelas 23h00, o Odisseia estreia, em exclusivo em Portugal, “THE WEEKLY”, a nova série documental do The New York Times que transporta a visão deste conceituado jornal para o ecrã de televisão.

Cada episódio, com meia hora de duração, concentra-se numa das histórias a que um repórter do New York Times dá vida, providenciando uma reportagem profunda que mudará por completo a forma como vemos a história.

Do jornalismo de investigação aos furos jornalísticos, das reportagens da linha da frente às histórias que literalmente mudam a nossa cultura, “THE WEEKLY” vai além das notícias nos Estados Unidos e no mundo inteiro para procurar grandes e importantes histórias, aquelas que ninguém ainda contou, e quer revelar as obras de uma das maiores agências noticiosas do mundo.

O papel fundamental do youtube, a plataforma de vídeo mais vista da história da humanidade, na orientação dos brasileiros para o seu novo presidente Jair Bolsonaro; o impacto das atuais políticas de imigração dos EUA; os meandros das contas falsas de facebook que visam pessoas vulneráveis; ou uma viagem ao interior da recente e forte operação Sunrise no combate às alterações do clima, são alguns dos temas abordados nesta série surpreendente.

Numa altura de intenso debate sobre o papel de uma imprensa livre, “THE WEEKLY” é uma nova e excecional série que providencia uma visão única sobre a forma como as notícias são relatadas.

UMA SÉRIE DOCUMENTAL EM BUSCA DA VERDADE

A TOCA DO COELHO
Estreia: Terça 12 novembro, 23H00
Jornalista: Max Fisher e Amanda Taub
Produção: Singeli Agnew e Alyse Shorland

O YouTube é a plataforma de vídeo mais vista da história da humanidade. O seu sistema de recomendações com base num algoritmo teve um papel fundamental na orientação dos brasileiros para a extrema-direita e para o seu novo presidente, Jair Bolsonaro. Agora, ele governa via YouTube, ao direcionar os seus seguidores para YouTubers brasileiros de extrema-direita, que mobilizam os utilizadores para uma espécie de campanha interminável de nós contra eles.

O BEBÉ CONSTANTIN
Estreia: Terça 19 novembro, 23H00
Jornalista: Caitlin Dickerson
Produção: Sweta Vohra

THE WEEKLY desloca-se à Europa de Leste para contar a história de uma criança que passou a maior parte da vida afastada dos pais, em consequência das políticas de imigração dos EUA. Investigamos o caso do bebé Constantin, a criança mais jovem a ser separada dos progenitores pela administração Trump e damos um rosto a uma política controversa que começou meses antes de o governo a ter admitido.

COLISÃO
Estreia: Terça 26 novembro, 23H00
Jornalista: Rukmini Callimchi
Produção: Singeli Agnew

Um casal americano idealista nas férias da sua vida. Um grupo de jovens do Tajiquistão radicalizados e influenciados pelo ISIS. Através de uma investigação forense dos seus rastos digitais, da articulação dos seus movimentos e motivações, THE WEEKLY conta a história de como estas vidas se cruzaram, tragicamente, num caminho de montanha do Tajiquistão.

O MITO DAS LICENÇAS: TAXISTAS DE NY
Estreia: Dezembro 2019
Jornalista: Brian Rosenthal e Emma Graves Fitzsimmons
Produção: Suzane Hillinger

O drama dos motoristas de táxi da cidade de Nova Iorque, incluindo uma onda recente de suicídios, tem sido bem documentado. A narrativa dominante divulgada por outros media, na imprensa e na televisão, é a de que os motoristas foram vítimas da Uber e da economia do trabalho temporário. Mas o THE WEEKLY foi mais fundo para revelar uma força mais nefasta em ação: bancos não regulados e agentes corruptos inflacionaram deliberadamente o preço das licenças e sobrecarregaram os taxistas com empréstimos de reembolso total com juros elevados. Àqueles que viveram o escândalo das hipotecas de alto risco a situação parecerá familiar e talvez se revejam nos motoristas que apostaram numa indústria icónica e ficaram arruinados.

A ESCOLA DE T.M. LANDRY
Estreia: Dezembro 2019
Jornalista: Erica Green e Katie Benner
Produção: Sam Stark

Em novembro de 2018, o The New York Times publicou uma desmistificação devastadora sobre uma pequena escola no Luisiana, que se tornou famosa pelo seu incrível historial de enviar alunos para universidades de elite, contra todas as expectativas. A nossa reportagem revelou que toda a escola era um embuste, sem aulas, relatórios falseados e abusos crescentes. THE WEEKLY passou várias semanas no Luisiana a acompanhar os repórteres, que se preparavam para contar a história conclusiva da ascensão e subsequente queda da escola. Nas suas palavras a escola “explorava os piores estereótipos da América negra para fabricar relatos de superação das adversidades que vendia às instituições da Ivy League, sedentas de diversidade.” O resultado final: um trabalho de investigação que explora a raça, as classes e a nossa vontade coletiva de acreditar numa história boa de mais para se verdade.

INAUGURATION, INC.
Estreia: Dezembro 2019
Jornalista: DC Bureau Ensemble (Mark Mazzetti, Matt Rosenberg, Maggie Haberman, Sharon LaFraneria, Ken Vogel)
Produção: John Pappas

De fora, a Casa Branca de Trump parece estar num estado constante de crise. Metade do gabinete demitiu-se, muitos dos ex-aliados e associados do Presidente enfrentam acusações, e os diretores de várias agências governamentais de relevo, todos eles nomeados por Trump, têm sido alvo de alegações de corrupção. Como é que a situação chegou a este ponto? E alguém o previu? THE WEEKLY recorda o Primeiro Dia, o Dia da Tomada de Posse, para expor alguns dos primeiros sinais de alerta de escândalo.

O FIM DA LINHA: CRISE NA GENERAL MOTORS
Estreia: Dezembro 2019
Jornalista: Sarbrina Tavernise
Produção: Alyse Shorland

Uns dias depois da Ação de Graças, a maior empresa de automóveis norte-americana, a General Motors, anunciou que ia encerrar quatro unidades e despedir 14 000 trabalhadores. De início, parecia mais outra ronda de despedimentos na indústria automóvel. Mas desta vez, era diferente. A GM disse que apostava no futuro, reformulava-se enquanto empresa tecnológica em vez de uma fabricante tradicional de automóveis. Porém, os líderes sindicais dizem que não é assim tão simples e que a manobra foi um ardil para tentar fazer subir a sua cotação na bolsa, antes de negociações laborais, em 2019. THE WEEKLY mergulha numa indústria em mudança, fala com políticos, trabalhadores e com o CEO da GM sobre o futuro da empresa e o que significa para o país.

LIGAR O MUNDO
Estreia: Dezembro 2019
Jornalista: Jack Nicas
Produção: Rolake Bamgbose

O Facebook passou anos a controlar danos por tudo, desde desinformação, venda de dados de utilizadores e disseminação de conteúdos violentos on-line. Mas a empresa ainda não conseguiu abordar outro grande escândalo: as contas falsas que visam pessoas vulneráveis e, em alguns casos, viram as suas vidas do avesso. Um dos estratagemas mais comuns tem sido assumir a identidade de militares norte-americanos veteranos e usá-las para extorquir as poupanças a mulheres vulneráveis. O Pentágono, veteranos e vítimas tentaram detê-lo, mas o Facebook pouco contribuiu para isso. THE WEEKLY investiga o que acontece quando se permite que tais esquemas proliferem, ao conversar com uma mulher que perdeu 250 mil dólares e com o fuzileiro naval cujo rosto foi usado para a ludibriar.

EXTREMA ESQUERDA
Estreia: Janeiro 2020
Jornalista: Astead Herndon
Produção: Sam Stark

Tendo como pano de fundo as primárias presidenciais, esta é uma viagem ao interior da recente e forte operação Sunrise, na defesa de um objetivo político ideológico, combater as alterações do clima, tão agressivamente que pode estar a fragilizar o partido Democrático. O Sunrise foi formado por jovens progressistas, preocupados com as alterações do clima e, desde o início da sua atividade, conseguiram que o “Green New Deal” deixasse de ser um tema secundário e se tornasse um teste decisivo para os candidatos presidenciais democratas. Agora, o seu objetivo é ver o candidato democrata subscrever o “Green New Deal”. Para o Sunrise seria catastrófico não o conseguir.

O MEMORANDO
Estreia: Janeiro 2020
Jornalista: Barry Meier
Produção: John Pappas

Em 2007, a partir de um gabinete na Virgínia ocidental, uma equipa de promotores federais montou um caso contra a Purdue Pharma e três executivos de topo. Recomendaram que fossem alvo de queixas-crime, mas os seus superiores decidiram, por algum motivo, optar por acusações menores, a crise dos opióides persistiu durante mais uma década e matou noventa mil pessoas.

Acompanha o jornalismo de excelência e com o selo de qualidade do “New York Times” com a série documental “THE WEEKLY” e não perca a estreia do primeiro episódio dia 12 novembro às 23h no Odisseia.