30 de Abril de 2020

ODISSEIA REVELA OS AVANÇOS TECNOLÓGICOS MAIS SURPREENDENTES DE SEMPRE EM “MESTRES DA ENGENHARIA”

Desde sempre, sobretudo nos momentos mais conturbados, a humanidade procura ampliar os limites do conhecimento, descobrindo novos horizontes e alternativas. A partir de 1 de maio, às sextas-feiras, pelas 22h30, o Odisseia estreia “Mestres de Engenharia”, uma série de oito documentários surpreendentes sobre a forma como a engenharia civil sofreu inúmeros avanços tecnológicos.

O que impulsionou a construção de edifícios cada vez mais altos? Que tecnologia permitiu a exploração dos oceanos? Como se concebem as pontes que desafiam a gravidade? Qual será o futuro da indústria aeronáutica? Pela mão de reconhecidos peritos e imagens geradas por computador, esta série documental faz uma revisão dos grandes feitos dos mestres da engenharia ao longo dos séculos.

Das primeiras pontes de lianas, até ao ultramoderno viaduto de Millau, as pontes foram evoluindo até se tornarem autênticas façanhas tecnológicas. Dia 1 de maio, pelas 22h30, no documentário “Construir Pontes sobre os Vãos”, a geofísica Léa Bello revela os segredos da construção de pontes icónicas de todo o mundo, dando a conhecer os desafios que enfrentaram os engenheiros.

De seguida, pelas 23h30, em “A Conquista dos Oceanos”, acompanhamos o físico Frédéric Restagno numa descoberta para desvendar os segredos que permitiram navegar cada vez mais longe, numa verdadeira investigação científica para conhecer a evolução das embarcações e das ferramentas de navegação ao longo dos tempos.

A 8 de maio, pelas 22h30, no documentário “Cada Vez Mais Alto”, o físico Richard Taillet leva-nos numa viagem para entender como dominamos as leis da Física para construir desde a mítica torre de Babel, ao Burj Khalifa, no Dubai. Como conseguiram os egípcios construir as pirâmides? Quais foram os métodos dos construtores das catedrais?

De seguida, pelas 23h30, em “O Sonho de Ícaro” aprendemos, com o engenheiro e piloto Matthieu Barreau, como fomos capazes de ultrapassar todos os desafios do passado, do mito de Ícaro à façanha do Airbus A-380, para voar mais longe e depressa e os desafios do futuro da aviação.

Em “Mestres do Carril”, para ver a 15 de maio, pelas 22h30, Matthieu Barreau leva-nos numa viagem de comboio, pelo mundo, para conhecer o esforço de pioneiros que uniram países e continentes, desde as primeiras máquinas de vapor, ao projeto futurista do Hyperloop.

Às 23h30, chega “Mega Barragens e Canais”, um documentário sobre projetos de engenharia surpreendentes, como os canais de Corinto ou do Panamá, a barragem de Itaipu ou os pólderes holandeses. O físico Frédéric Restagno vai à procura de alguns destes projetos que redesenharam a orografia do planeta.

Dia 22 de maio, pelas 22h30, em “Não há Montanha suficientemente Alta”, com Ludovic Seifert, investigador em neurociência do comportamento e guia de montanha, seguimos os passos dos pioneiros que lutaram contra a falta de oxigénio para caminhar por cristas inexploradas, do Mont Blanc aos Himalaias. Desde então, os engenheiros têm estado a trabalhar na conceção de meios de transporte e equipamentos cada vez mais seguros.

Durante muito tempo, a conquista dos polos foi objeto de uma verdadeira corrida para ser o primeiro a chegar. Atualmente, o repto não é chegar ao Ártico e ao Antártico, mas estudar a fundo as regiões polares e averiguar as verdadeiras razões do degelo. A 29 de maio, pelas 22h30, em “Conquistadores dos Polos”, pela mão da especialista em glaciares, Sophie Berger, participamos numa expedição científica surpreendente.