15 de Outubro de 2019

OS EMBARAÇANTES SACOS DE PLÁSTICO DE VANCOUVER NÃO FORAM EFICAZES

A guerra contra o plástico não conhece tréguas e desde diversos pontos do planeta surgem a cada dia novas medidas, campanhas de consciencialização e todo o tipo de estratégias, cada qual mais original nesta luta em prol do meio ambiente. No Canadá, recicla-se menos de 10% do plástico usado, sendo que são utilizados cerca de 15.000 milhões de sacos de plástico ao ano e a cada dia vão para o lixo cerca de 57 milhões de palhinhas de sumo, segundo dados governamentais.

No total, o país gera em torno a três milhões de toneladas de plástico ao ano. O plano de proibição dos sacos para 2021 em supermercados e outros estabelecimentos de venda, pretende reduzir significativamente estes valores desorbitados. De momento, muitos negócios estão a cobrar 5 centavos de dólar (4 cêntimos) pelos sacos de plástico. Um preço que em muitos casos, os consumidores estão dispostos a pagar.

Se retomamos as originais estratégias para combater o consumo de plástico, não há dúvida de que David Kwen, do East West Market em Vancouver, leva o prémio originalidade. O proprietário desta loja de alimentação e coisas para a casa teve a brilhante ideia de vender sacos de plásticos com mensagens embaraçantes e comprometedoras. Assim qualquer um pode ler estas mensagens pelas ruas enquanto carrega despreocupadamente o seu saco de compras.

As mensagens não são curtas. É possível encontrar perólas como “Pomada para verrugas por atacado”, passando por “Cliente do Império de Vídeos de Adulto”, até “Cooperativa de Cuidado do Colón”. Assim, Kwen pretende mexer consciências e fomentar o uso de sacos de tecido reciclável com mensagens divertidas como “Evite a vergonha. Use um saco duradouro”.

“É difícil lembrarmo-nos de trazer sempre um saco que possamos usar várias vezes (…) Por isso redesenhamos os nossos para ajudar a que as pessoas não se esqueçam”. No entanto o seu esforço teve um efeito totalmente contrário. Os seus clientes ficaram entusiasmados com os sacos e o supermercado, encheu-se de coleccionadores dispostos a conseguir todos, como se de um pokemon se tratasse.

Mas ainda não está tudo perdido, porque Kwen soube dar a volta à situação. Como as pessoas gostaram tanto da ideia, decidiu transpor as mensagens humorísticas aos seus sacos ecológicos e assim matar dois coelhos de uma cajadada. Assim continuará a ajudar o meio ambiente e a tirar partido da sua ideia. “Se falarmos às pessoas de maneira simpática e humorística, elas escutam”. E quem pode negar algo assim na era dos memes, dos clips caseiros (onde trocamos o iphone pela câmara de video) e o culto ao absurdo.

O tempo dirá se os sacos de tecido têm a mesma projeção que os de plástico, ainda que parece que muitos, longe de passar vergonha, preferem estes sacos com tal de terem o saco mais atrativo do mercado. Com sorte, muitos compradores despistados não se esquecem de levá-la antes de sair de casa. E você compraria um saco East West Market 100% reciclável?

Fonte: EFE