Afeganistão, o País Ferido: Armadilha

Depois do 11 de Setembro e com a derrocada dos talibãs, uma coligação internacional de tropas das Nações Unidas tentou levar a paz e a democracia ao Afeganistão. Mas esta esperança durou pouco. No Afeganistão, o 9 de Setembro tinha começado dois dias antes, quando o comandante Massour foi assassinado. Foi o primeiro passo dos ataques que a Al-Qaeda levou a cabo em Nova Iorque e em Washington. Os Estados Unidos reagiram bombardeando e invadindo o Afeganistão. Quando as tropas da maior coligação militar da história chegaram para assegurar a estabilidade e a reconstrução, muitos afegãos confiavam num futuro de paz e democracia. Novamente, as suas expectativas viriam a desmoronar-se. Neste episódio, seguimos as histórias de, entre outros, Stanley McChrystal, General dos Estados Unidos; Motasim, Ministro das Finanças talibã; Nilufar Ibrahimi, doutora e membro do parlamento afegão.

Ver mais informação deste programa

Partilhar no: