Fora de Controlo: Ep.18. 1999, o Temporal do Século

26 de dezembro de 1999. O computador de Météo France, capaz de realizar 120000 milhões de operações por segundo, não regista nenhuma anomalia. Mas, durante a noite, as rajadas de vento começam a atingir a Normandia a 130 km/h, a central nuclear de Flamanville fica fora de serviço e, pouco depois, o vento alcança os 200 km/h entre as torres do distrito parisiense de La Défense. No dia seguinte, uma segunda tempestade dirige-se à Europa a 529 km/h. 140 pessoas morrem e os danos ascendem aos 20000 milhões de euros. Por que é que foi tão complicado antecipar este desastre? Como é que conseguiu derrubar edifícios inteiros? Estamos preparados para evitar uma tragédia similar no futuro?

Ver mais informação deste programa

Partilhar no: