The Weekly: Arábia Saudita: Venda de Armas

As empresas da área de defesa dos Estados Unidos usaram a promessa de criação de novos empregos para persuadir o governo a aprovar vendas de armas, no valor de milhares de milhões de dólares, a aliados estrangeiros, com poucas reticências quanto a como essas armas são usadas. A administração Trump tem aberto, repetidamente, o caminho a lucrativos contratos com a Arábia Saudita, dando seguimento a uma decisão de 2015 da administração Obama, de apoiar a guerra liderada pelos sauditas, no Iémen. Agora, cinco anos mais tarde, os jornalistas de investigação do New York Times Walt Bogdanich e Michael LaForgia quiseram saber porque tinha continuado a guerra no Iémen, apesar de relatórios sobre baixas civis massivas e sobre uma crise humanitária no terreno. A sua reportagem levou-os a verificar o papel das empresas americanas da área da defesa – incluindo a Raytheon – que depende da Arábia Saudita para obter 5 per cento do seu rendimento anual e precisa da aprovação do governo.

Ver mais informação deste programa

Partilhar no: