A Arte da Caça

A sobrevivência de algumas tribos ainda depende das suas capacidades para a caça. Entre os bosquímanos do Calaári, os aborígenes australianos e os Inuíte do Ártico, a capacidade de ler a terra e de seguir um rasto a partir dos mais ínfimos pormenores são uma arte que continua a ser transmitida de geração em geração, há milhares de anos. Desde a infância, os caçadores destes povos desenvolvem uma compreensão íntima e espiritual dos animais. Segundo os próprios confessam, na sua imaginação, convertem-se no animal que perseguem, antecipam as suas necessidades e, embora fisicamente, estejam cem passos atrás, mentalmente, estão sempre um passo mais à frente. Conheçamos as histórias destes caçadores e a desta arte milenar, em cenários tão diferentes com o Calaári, a Austrália selvagem e o Ártico.

Partilhar no: