Bornéu: Uma Ilha Antiga

BORNÉU: UMA ILHA ANTIGA
TERÇA, 22 ÀS 14H25

A ilha do Bornéu fica nos trópicos há uns 120 milhões de anos, mais do que qualquer outra região da Terra. Durante todo este tempo, as horas de sol, o calor constante e a chuva favoreceram o crescimento dum paraíso de espécies estranhas e relações extraordinárias. Nas montanhas, as plantas carnívoras usam as gotas de chuva para capturar as suas presas; nas selvas tropicais, os orangotangos uivam para dissuadir os rivais; na costa, milhões de medusas recorrem ao sol para se alimentarem; mas é nas grutas do Bornéu que a competição pelos nutrientes é mais intensa e onde descobrimos um comportamento inédito. Os calaus-de-face-branca, pássaros com grandes bicos, em princípio concebidos para recolher pequenos frutos e insectos, preparam-se para caçar os morcegos que saem das grutas ao entardecer.

Partilhar no: