O Renascer do Homem de Gelo

Otzi, o homem de gelo, foi perseguido, atacado e abandonado até morrer há mais de 5000 anos. Preservado no gelo glaciar, os restos intactos deste caçador do neolítico continuam a proporcionar aos cientistas, historiadores e arqueólogos informação vital para entender um momento crucial na história humana. Para o proteger dos elementos externos, este extraordinário corpo foi conservado numa cripta congelada… Até agora. O artista e paleo-escultor Gary Staab recebeu a tarefa de criar uma réplica exata da múmia mais antiga da Europa para que, tanto os cientistas como o público em geral pudessem aproximar-se de Otzi sem restrições. Enquanto vemos como regressa à vida graças à resina, ao barro, à pintura e à impressão 3D, surgem também novas revelações sobre a vida de Otzi e sobre o seu legado, incluindo surpreendentes segredos ocultos no seu código genético.

Partilhar no: