Pornocracy

Nunca vimos tanta pornografia como hoje em dia, mas a indústria tradicional do porno está a morrer. O aparecimento de sites que mostram vídeos amadores ou pirateados transformou a forma como se cria e se consome porno. Os estúdios estão a fechar e as atrizes veem-se obrigadas a realizar cenas cada vez mais extremas por menos dinheiro. Por trás desta transformação, encontra-se uma multinacional opaca.Neste trabalho de investigação, o ícone feminista, Ovidie, revela como um grupo de programadores informáticos, sem experiência no meio da pornografia, se apoderou da indústria dos conteúdos para adultos. Ela também investiga as suas estruturas financeiras controversas. Como é que, apesar das repetidas investigações, este sistema continua a crescer? E quem é que mexe os cordelinhos?

Partilhar no: