Porta-aviões Charles de Gaulle: Revisão

PORTA-AVIÕES CHARLES DE GAULLE: REVISÃO
ESTREIA DOMINGO, 27 ÀS 22H20

O porta-aviões Charles de Gaulle, bastião do mar e navio almirante da marinha francesa, foi retirado para uma doca seca em Toulon, no sul da França, para uma das maiores remodelações da história naval. Tendo entrado ao serviço em 2001, o Charles de Gaulle será atualizado para se manter operacional nos próximos vinte anos, os seus sistemas de combate serão redesenhados, serão instalados sensores ultramodernos e as suas instalações serão adaptadas para arranjar espaço para a nova joia do exército do ar, o caça Rafale. Com imagens inéditas, magníficas reconstruções em 3D e entrevistas com engenheiros e peritos, penetramos nas entranhas do porta-aviões, para conhecer os detalhes de uma tarefa colossal que representará quatro milhões de horas de trabalho e mobilizará, durante 18 meses, mais de duas mil pessoas.

Partilhar no: