Ursa Polar sem Terra

URSA POLAR SEM TERRA
ESTREIA QUINTA, 18 ÀS 16H

Durante quatro anos, desde o primeiro encontro que tiveram, em 2013, em Svalbard, o cineasta Asgeir Helgestad tem seguido de perto a Frost, uma linda ursa polar, na sua luta por sobreviver e criar as suas duas crias. Ao longo desse tempo, o aumento das temperaturas levou a mudanças dramáticas no ecossistema do Ártico. O rico campo de algas, por debaixo do gelo marinho, que alimenta pequenos crustáceos gordos, peixes, aves marinhas, baleias azuis ou focas, diminuiu a uma velocidade record. Isso também torna mais difícil para Frost a caça, assim como, para Asgeir, voltar a encontrá-la. No entanto, a deslumbrante beleza do Ártico continua a ser maravilhosa, com as suas amplas paisagens, a sua luz inesquecível e glaciares de sonho. Podemos dar-nos ao luxo de ignorar o que estamos a fazer ao nosso planeta?

Partilhar no: